19 de julho é comemorado o Dia da Caridade

Neste dia 19 de julho foi comemorado o Dia da Caridade. A data foi instituída a partir do Decreto-lei nº 5063 em 04/07/1966 assinado pelo então presidente militar Humberto Castelo Branco.

De acordo matéria divulgada no jornal Correio Brasiliense em janeiro de 2011, uma pesquisa realizada pela organização Charities Aid Foundation em 153 países aponta que o brasileiro não tem praticado muito a generosidade. Num ranking apresentado na pesquisa o Brasil é o septuagésimo sexto colocado.

Na pesquisa outro ponto destacado refere-se ao fato de que no topo do ranking há tanto países ricos como pobres, o que sugere que a generosidade não está efetivamente relacionada a economia do país.

Vanessa Lima, Psicóloga da Unir (Universidade Federal de Rondônia) defende a tese de que a generosidade é algo que se aprende desde cedo. Assim como ela, especialistas acreditam que a forma de mudar essa colocação e transformar o país em uma potência da generosidade é através de exemplos e da educação infantil, ou seja, com o ensinamento da importância e necessidade da prática da generosidade, como compartilhar brinquedos e a doação dos mesmos quando não mais utilizados, além de incentivo ao estímulo da doação de tempo e dinheiro, em prol dos menos favorecidos, desde que haja condições favoráveis para o trabalho voluntário e valorização das organizações não governamentais.

Esta pesquisa foi elaborada a partir de questões relacionadas a três aspectos ligados à generosidade: 

* disposição para ajudar pessoas desconhecidas
* disponibilidade para doar tempo como voluntário
* doação de dinheiro para instituições e pessoas necessitadas.

O resultado do Brasil, apenas 15% dos entrevistados disseram ter feito trabalho voluntário e quase metade disse estar disposta a ajudar desconhecidos.

Márcia Woods, diretora-executiva do Instituto para o Desenvolvimento para o Investimento Social (Idis), organização que representa a Charities Aid Foundation no Brasil diz que o resultado da pesquisa está relacionado ao momento em que o país está vivendo “esse panorama nacional é fruto do momento histórico em que vivemos. “O fato de as pessoas estarem dispostas a ajudar desconhecidos mostra que a generosidade está na essência da população.Isso mostra que os resultados mais baixos nos outros dois aspectos se devem muito mais às dificuldades de articulação da sociedade civil e à falta de estímulos para quem doa tempo ou dinheiro do que ao desinteresse das pessoas”.

Jean Piaget¹ em sua teoria da Epistemologia Genética, já defendia a existência de estruturas que possibilitavam o surgimento da moralidade, assim como do pensamento e da lógica. Atualmente, pesquisas de neuropsicologia e psicobiologia tem demonstrado este fato.

Para Aristóteles², as virtudes são parte da moralidade, pois que implicam em resultados para a melhor convivência entre os seres humanos quando disse “Ética a Nicômaco, possibilitam a busca da felicidade, não só individual, mas do grupo.


Reflexão e análise sobre a prática da caridade

1ª Caridade = O próximo
Caridade não seria somente dar algo de material ou financeiro ao próximo;
Caridade também seria um abraço amigo aquele que pouco falamos;
Um telefonema amigo aquele parente distante;
Um dizer “eu te amo” a quem realmente amamos;
Um abraço e um beijo carinhoso em nossos pais em retribuição a nossa criação e educação (Mesmo que não o tenhamos mais neste plano, o façamos mentalmente;)
Dar um “Bom Dia” regado de um sorriso a um estranho durante o trajeto ao trabalho;
Escrever pessoalmente uma Carta de papel ou mesmo um correio eletrônico a uma pessoa amiga distante que à anos não nos falamos, para dizer que ainda nos importamos com ela, desejando-lhe muitas felicidades;
Dizer “muito obrigado” a quem realmente sempre nós ajudou;
Perdoar uma ofensa, que a anos carregamos conosco daquele que um dia, foi nosso amigo;
Perdoar do fundo do coração, deixando o Amor sobrepor suas forças, aos nossos amigos, familiares, parentes, pais, vizinhos, colegas de trabalho, desconhecidos, e ainda, aquele que nos ofendeu profundamente, trazendo marcas e feridas invisíveis em nossos corações, que seriam aliviados e sanados, com o simples ato de PERDOAR.
Também, a quem tiver condições, poderíamos fazer caridades materiais;
Doar uma cesta Básica, a uma Casa de Ajuda Humanitária ou a quem que saibamos necessitar;
Doar um cobertor, mesmo que não seja inverno;
Doar uma roupa ou objeto que não usemos mais ou até mesmo novas, sem esperar o que seja aniversário deste ou daquele;
Doar a uma criança, uns punhados de mudas de roupas novas sem esperar chegar o Natal;
Doar uma caixa de remédios a um asilo, sem esperar que um senhor adoeça para merecê-lo;
Doar material escolar a uma criança, antes de o ano letivo começar com a lista escolar;
Doar sem nada esperar, nem mesmo um obrigado.
Doar sem receber méritos ou elogios, pois isto não seria caridade, mas vaidade.

2ª Caridade = A você
Seja caridoso contigo mesmo(a);
Se ame; Se dê; Se cuide; Se permita ser feliz;
Se permita amar-se sem se importar com o dedo alheio apontado para tua fronte;
Se vista bem; Se sinta bem; Se arrume bem;
Passeie, namore, ria, grite, pule, chore, corra.....
Seja você nesta semana da caridade e em todos os dias de sua vida.
Seja Feliz, sempre!!!

3ª Caridade= Repasse
Divulgue a prática da Caridade.
Que esta atitude atinja o coração de todos, e sejamos mais sensíveis com o próximo, mesmo que um desconhecido, que um anônimo em nossa sociedade, mas que também, tem os mesmos gostos, os mesmos sonhos e o mesmo objetivo de vida que nós...

Viver e ser Feliz!!!

Não espere praticar a Caridade somente no dia da Caridade ou na Semana da Caridade, que isso se tome um habito diário em cada um de nós.


1. Jean Piaget - Filósofo suíço considerado o maior expoente do estudo do conhecimento e desenvolvimento humano.
2. Aristóteles - Filósofo grego (384 a.C. - 355 a.C.), considerado o criador do pensamento lógico


Acesse o cartaz do evento e ajude a divulgar: Clique Aqui

Notícia Anterior | Posterior

Datas Importantes do Espiritismo

SETEMBRO

Dia 01 de 1865
Nasce Leôncio Correia, em Paranaguá, Paraná. Foi Presidente da Liga Espírita do Brasil, depois Liga Espírita do Estado da Guanabara. Desencarna em 19 de junho de 1950, no Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.
Dia 01 de 1873
Nasce Olímpio Alves Lisboa, em Guarapuava, Paraná. Foi Presidente da Federação Espírita do Paraná de 11.01.1920 a 09.01.1921 e de 08.01.1922 a 14.01.1923. Desencarna em Curitiba, em 13 de dezembro de 1941.
Dia 01 de 1875
Em Natal, Rio Grande do Norte, por Manoel Gomes da Silva, editado o primeiro jornal espírita do Rio Grande do Norte
Dia 02 de 1914
Desencarna Eugene Auguste Albert de Rochas, magnetizador e pesquisador dos fenômenos mediúnicos. Nasce em 20 de maio de 1837, em Saint-Firmin, Alpes, na França.
Dia 02 de 1982
Divaldo Pereira Franco realiza conferência na Universidade de Caxias do Sul, Rio Grande do Sul.
Dia 02 de 1984
Fundada a Sociedade Espírita Meimei, em Campo Mourão, Paraná.
Dia 03 de 1951
Em Goiânia, Goiás, fundada a Federação Espírita do Estado de Goiás.
Dia 03 de 1983
Divaldo Pereira Franco recebe Diploma da Federação de Estabelecimentos de Ensino Superior, em razão de sua conferência nas Faculdades Unidas de Bagé, Rio Grande do Sul.
Dia 03 de 1990
Div... Saiba mais...