Imperdível! Estréia em agosto o filme "Bezerra de Menezes - O médico dos pobres"

Na edição de hoje, (10/07/2007), do Jornal Nova Era, na Rede Boa Nova de Rádio, Luiz Eduardo Girão, um dos organizadores da mostra de Teatro Transcendental, falou a respeito dos detalhes de toda a produção do filme “Bezerra de Menezes – O Médico dos Pobres”.

Eduardo Girão falou sobre os desafios que a equipe de produção e os diretores enfrentaram no decorrer das gravações. Que foram desde interpéries climáticas à curas espirituais realizadas a integrantes da equipe, que na falta, atrasariam o planejamento do projeto.

Nesta segunda-feira (9), iniciaram as filmagens da parte documental do filme "Bezerra de Menezes - O Médico dos Pobres". A produção viajará para o Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF), no período de 9 a 12 de julho, onde ocorrerão as gravações dos depoimentos de pesquisadores e estudiosos da vida de Bezerra de Menezes, a exemplo de Jorge Damas, Gilberto Peres, Cel. Frei Luiz, Luiz Bassuma, Nazareno Feitosa e Nestor Mazote. Salvador (BA) também está no roteiro de gravações.

E Fortaleza, que já foi cenário do longa-metragem, volta para o cronograma de filmagens, onde Luciano Klein, roteirista do filme e biógrafo de Bezerra de Menezes será entrevistado.

O lançamento do filme está previsto para agosto de 2008 nos cinemas de todo o Brasil. O longa-metragem conta a vida de Bezerra de Menezes através de passagens ficcionais e relatos de pesquisadores de sua obra. O ator Carlos Vereza foi quem interpretou o protagonista.

O docudrama contou ainda com a participação especial dos atores Lúcio Mauro, Paulo Goulart Filho, Nanda Costa e Caio Blat.

Lúcio Mauro, Carlos Vereza, Glauber Filho, Joe Pimentel, César Moraes e Diogo Costa: parte da equipe do filme durante a entrevista coletiva (Foto: Denise Mustafa)

As gravações ficcionais iniciaram no mês de maio, no Ceará, nos municípios de Pacoti, Aratuba, Guaramiranga, Mulungu e Fortaleza. Recife (PE), também serviu de cenário. Todos as locações escolhidas remetem ao século XIX, já que a história narra a vida do médico desde o seu nascimento, no ano de 1831. Para isso foi realizada uma fiel reconstituição da época no figurino, maquiagem e cenário.

A produção do filme é da Trio Filmes e Estação da Luz. Para realização do longa-metragem, houve uma cuidadosa pesquisa histórica de Luciano Klein, biógrafo de Bezerra de Menezes, e também roteirista do filme ao lado de Glauber Filho, que dirige o docudrama juntamente com Joe Pimentel. A produção do filme está orçada em R$ 1,7 milhão, e conta com uma equipe de cerca de 150 profissionais participando das atividades.

Sobre Bezerra de Menezes
A vida do personagem começa em 1831, na localidade de Riacho do Sangue, depois denominada de Jaguaretama, no Ceará. O universo sertanejo permeia a trama nessa primeira fase do filme, a qual acompanha a infância e a adolescência de Bezerra de Menezes. Aos dezoito anos, o protagonista iniciou no Rio de Janeiro seus estudos de Medicina. Na então Capital da República, elegeu-se vereador e deputado em várias legislaturas e defendeu as idéias abolicionistas. Mas o que lhe trouxe o maior reconhecimento de seu povo foi o trabalho anônimo realizado em prol dos desfavorecidos. Por conta disso, ele ficou conhecido como Médico dos Pobres.

Dr. Adolfo Bezerra de Menezes
Seja como político devotado às causas humanitárias ou como médico conhecido por jamais negar socorro a quem batesse à sua porta, Bezerra de Menezes tornou-se um exemplo de homem e escreveu uma história de vida marcada pelo amor e pela caridade.

Os Diretores
Glauber Filho realizou vários curtas-metragens, entre eles "A Doença do Poço", "Borracha para Panela de Pressão" e "San Pedro, um Navio a Deriva". Produziu e dirigiu o longa "Oropa, França, Bahia", premiado pela Fundação Vitae e MacArtur. Recebeu diversos prêmios em festivais nacionais e internacionais de cinema, como o Festival Internacional de Figueira da Foz (Portugal), Festival de Cinema de Tondela (Portugal) e Videofest (Berlim- Alemanha). Como diretor publicitário, atuou em grandes produções cearenses, e também presidiu a TV Ceará entre 2003 a 2006.

Joe Pimentel é fotografo e diretor. Já atuou como Diretor de Fotografia e Assistente de Direção de diversas produções, como "Sertão das Memórias", "Um Cotidiano Perdido no Tempo", "Villa Lobos - Uma Vida de Paixão", "Milagre em Juazeiro" e "O Noviço Rebelde". Como diretor, realizou vários curtas, entre eles "Retrato Pintado", filme que lhe rendeu as maiores premiações do cinema nacional como melhor filme e direção nos festivais de Brasília, Recife, Curitiba e Ceará. Atualmente, ele finaliza o curta "Câmara Viajante", e dirige a Trio Filmes.

Redação: Karol Ximenes e Celso Sabadin (MT 14.823)

Jornalista responsável: Mauro Costa (CE 01035 JP)

Fontes: Jornal Nova Era - "Rede Boa Nova de Rádio" e "AD2M ENGENHARIA DE COMUNICAÇÃO" - http://www.maxpressnet.com.br/noticia


Fonte: jornalismo RBN


Acesse o cartaz do evento e ajude a divulgar: Clique Aqui

Notícia Anterior | Posterior

Datas Importantes do Espiritismo

OUTUBRO

Dia 01 de 1923
Em 1923, em Buenos Aires, Argentina, fundação da revista La Idea, por Angel Scarnichia.
Dia 01 de 1946
Em 1946, desencarna em Belo Horizonte, Minas Gerais, Irma de Castro Rocha, conhecida no Movimento Espírita como Meimei. Nascida em Mateus Leme, Minas Gerais a 22 de outubro de 1922.
Dia 01 de 1990
Em 1990, Divaldo Pereira Franco concede entrevista de 10 minutos à TV MNE Portuguese, em Johannesburg, África.
Dia 01 de 1994
Em 1994, Divaldo Pereira Franco recebe o título de cidadão honorário de Ilhéus, Bahia.
Dia 01 de 2003
Em 2003, é criado o Momento em Casa, oferecendo a possibilidade de receber, aos que se cadastrem através do site do Momento Espírita, de segunda a sexta, de 3 a 4 textos, selecionados a partir dos transmitidos, na semana, através das Rádios, na Capital do Estado.
Dia 02 de 1860
Em 1860, nasce em Ayerbe, província de Huesca na Espanha, Angel Aguarod. Desencarna em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, em 13 de novembro de 1932.
Dia 02 de 1870
Em 1870, nasce na cidade de Palmeira, PR, o professor José Nogueira dos Santos, que foi o sexto Presidente da Federação Espírita do Paraná. Desencarna em Curitiba, no dia 24 de julho de 1956.
Dia 02 de 1920
Em 1920, em Paraíba do Sul, Rio de ... Saiba mais...