Ano Municipal José Herculano Pires é aprovado pela Câmara

Por unanimidade, os vereadores da Câmara Municipal de Avaré aprovaram o projeto de lei que declara o ano de 2014, o Ano Municipal de José Herculano Pires.

O projeto que tem como autoria o parlamentar, Edson Flávio Theodoro da Silva, homenageia o escritor, poeta e pensador avareense, em comemoração ao centenário de seu nascimento.

A Secretaria Municipal de Cultura deverá realizar eventos durante o ano alusivos ao tema, principalmente na rede pública de ensino, em parceria com as de Educação e Turismo.

As escolas públicas estaduais e federais também poderão incluir em seus calendários, realização de atividades pedagógicas e culturais, com o objetivo de divulgar a obra do autor avareense.

Para o vereador Edson Flávio Theodoro da Silva, é importante que a cidade honre a memória deste ilustre conterrâneo, por meio de iniciativas de natureza cultural. Afinal, Herculano aqui nasceu há exatos cem anos, no dia 25 de setembro de 1914. Sua atividade polivalente com envolvimento na educação, no jornalismo e na política, foram evidências da grandeza de seu espírito e do seu papel na difusão do Espiritismo no Brasil.

José Herculano Pires é autor de mais de oitenta obras e revelou sua vocação literária desde que começou a escrever.

Com 9 anos fez o seu primeiro soneto, sobre o Largo São João, praça onde nasceu. Aos 16 anos publicou o seu primeiro livro, “Sonhos Azuis” (contos), e aos 18 o segundo livro, “Coração” (poemas livres e sonetos).

Em sua carreira, foi ainda repórter, redator, secretário, cronista parlamentar e crítico literário dos Diários Associados, tendo exercido essas funções por cerca de trinta anos.

Destacou-se como um dos mais ativos divulgadores do espiritismo no país, pois traduziu os escritos de Allan Kardec e escreveu tanto sobre estudos filosóficos quanto obras literárias inspiradas no Espiritismo.

Autor de 81 livros de filosofia, psicologia, pedagogia, parapsicologia, romances e Espiritismo, vários inclusive com Chico Xavier, sendo a maioria dedicada ao estudo e divulgação da Doutrina Espírita.

Nos anos de 1959 a 1962, ocupou a cadeira como docente titular na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Araraquara. Também foi membro titular do Instituto Brasileiro de Filosofia, seção de São Paulo, aonde lecionou psicologia.

Exerceu a função de presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo de 1957 a 1959. Também ocupou o cargo de chefe do sub-gabinete da Casa Civil da Presidência da República no governo de Jânio Quadros em 1961, aonde permaneceu até a renúncia do presidente.


Fonte: RBN


Acesse o cartaz do evento e ajude a divulgar: Clique Aqui

12/2/2014

Notícia Anterior | Posterior

Datas Importantes do Espiritismo

SETEMBRO

Dia 01 de 1865
Nasce Leôncio Correia, em Paranaguá, Paraná. Foi Presidente da Liga Espírita do Brasil, depois Liga Espírita do Estado da Guanabara. Desencarna em 19 de junho de 1950, no Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.
Dia 01 de 1873
Nasce Olímpio Alves Lisboa, em Guarapuava, Paraná. Foi Presidente da Federação Espírita do Paraná de 11.01.1920 a 09.01.1921 e de 08.01.1922 a 14.01.1923. Desencarna em Curitiba, em 13 de dezembro de 1941.
Dia 01 de 1875
Em Natal, Rio Grande do Norte, por Manoel Gomes da Silva, editado o primeiro jornal espírita do Rio Grande do Norte
Dia 02 de 1914
Desencarna Eugene Auguste Albert de Rochas, magnetizador e pesquisador dos fenômenos mediúnicos. Nasce em 20 de maio de 1837, em Saint-Firmin, Alpes, na França.
Dia 02 de 1982
Divaldo Pereira Franco realiza conferência na Universidade de Caxias do Sul, Rio Grande do Sul.
Dia 02 de 1984
Fundada a Sociedade Espírita Meimei, em Campo Mourão, Paraná.
Dia 03 de 1951
Em Goiânia, Goiás, fundada a Federação Espírita do Estado de Goiás.
Dia 03 de 1983
Divaldo Pereira Franco recebe Diploma da Federação de Estabelecimentos de Ensino Superior, em razão de sua conferência nas Faculdades Unidas de Bagé, Rio Grande do Sul.
Dia 03 de 1990
Div... Saiba mais...