Centenário de Chico Xavier é iniciado em Pedro Leopoldo

Dentro do programa do “Projeto Centenário de Chico Xavier”, coordenado pela Federação Espírita Brasileira, as comemorações dessa efeméride foram abertas em Pedro Leopoldo (MG), terra natal do médium. Na manhã do dia 1º. de janeiro, a Banda da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, fez uma apresentação de alvorada na Praça Chico Xavier. No mesmo dia, à noite houve a abertura das comemorações no Centro Espírita Luiz Gonzaga (fundado pelo médium), numa promoção conjunta da Federação Espírita Brasileira e da União Espírita Mineira, tendo na coordenação da mesa a dirigente do Centro-sede Célia Diniz Rodrigues, saudações pelo presidente da UEM Marival Veloso de Matos, e a palestra foi proferida pelo presidente da FEB Nestor João Masotti.

A prece de abertura foi feita por Juselma Maria Coelho (de Belo Horizonte) e a de encerramento, com manifestações de gratidão, por Jaques Albano da Costa (diretor do Centro-sede entre 1971 e 1988). Houve também apresentação de grupo musical da UEM. Compuseram a mesa o vice-presidente da FEB Altivo Ferreira, os diretores da FEB Antonio Cesar Perri de Carvalho e João Pinto Rabelo, o presidente da Fundação Cultural Chico Xavier, Wagner Gomes da Paixão, os presidentes das Alianças Municipais Espíritas das cidades de Pedro Leopoldo e de Uberaba.

Durante o evento, Wagner Gomes da Paixão psicografou as mensagens “Mediunidade Sublimada”, de Irmão X, e “Sob a Tutela de Ismael”, de Manoel Quintão, as quais foram lidas. Na manhã do dia 2 houve uma caminhada, coordenada pelo presidente da AME de Pedro Leopoldo John Harley Marques, saindo da Praça Chico Xavier e visitando a Casa de Chico Xavier (onde residiu entre 1948 e 1958, e agora um museu), o Centro Espírita Luiz Gonzaga, o Centro Espírita Meimei (também fundado por Chico Xavier). Neste local estava montada uma mostra de fotos sobre o médium, houve saudação pelo dirigente Eugênio Eustáquio dos Santos e sobre a Campanha publicitária do Centenário e do 3º Congresso Espírita Brasileira, feita por Ricardo Mesquita, assessor da FEB.

Na noite do dia 2, às 18 horas houve o comparecimento dos visitantes à reunião que habitualmente se realiza na Casa de Chico Xavier, e, às 20 horas ocorreu um sarau musical no Lar Espírita Chiquinho Carvalho, local que Chico Xavier, muitas vezes comparecia para a passagem de ano. Em vários locais compareceram sobrinhos do homenageado e, neste último, esteve presente sua irmã Cidália Xavier de Carvalho.


Fonte: FEB


Acesse o cartaz do evento e ajude a divulgar: Clique Aqui

Notícia Anterior | Posterior

Datas Importantes do Espiritismo

SETEMBRO

Dia 01 de 1865
Nasce Leôncio Correia, em Paranaguá, Paraná. Foi Presidente da Liga Espírita do Brasil, depois Liga Espírita do Estado da Guanabara. Desencarna em 19 de junho de 1950, no Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.
Dia 01 de 1873
Nasce Olímpio Alves Lisboa, em Guarapuava, Paraná. Foi Presidente da Federação Espírita do Paraná de 11.01.1920 a 09.01.1921 e de 08.01.1922 a 14.01.1923. Desencarna em Curitiba, em 13 de dezembro de 1941.
Dia 01 de 1875
Em Natal, Rio Grande do Norte, por Manoel Gomes da Silva, editado o primeiro jornal espírita do Rio Grande do Norte
Dia 02 de 1914
Desencarna Eugene Auguste Albert de Rochas, magnetizador e pesquisador dos fenômenos mediúnicos. Nasce em 20 de maio de 1837, em Saint-Firmin, Alpes, na França.
Dia 02 de 1982
Divaldo Pereira Franco realiza conferência na Universidade de Caxias do Sul, Rio Grande do Sul.
Dia 02 de 1984
Fundada a Sociedade Espírita Meimei, em Campo Mourão, Paraná.
Dia 03 de 1951
Em Goiânia, Goiás, fundada a Federação Espírita do Estado de Goiás.
Dia 03 de 1983
Divaldo Pereira Franco recebe Diploma da Federação de Estabelecimentos de Ensino Superior, em razão de sua conferência nas Faculdades Unidas de Bagé, Rio Grande do Sul.
Dia 03 de 1990
Div... Saiba mais...