A+ | A- | Imprimir | Ouça a MSG | Ant | Post

“Levanta-te, toma o teu leito e anda”. – Jesus. (João, 5:8).

A palavra do Senhor é sempre luz direta.

A partir do momento em que fala incisivo, o doente inicia uma nova jornada.

Os músculos paralíticos vibram, fortes de novo.

O tônus orgânico circula mais ativo.

O equilíbrio ressurge no cosmo celular.

A prisão em forma de leito liberta o prisioneiro.

E múltiplas consequências são criadas no processo sublime quais sejam a responsabilidade maior para o irmão socorrido, estudo e meditação nos circunstantes admirados, reafirmação categórica das potencialidades sublimes do amor de Nosso Divino Mestre, através do trabalho messiânico de libertação das consciências humanas que impôs generosamente a Si Mesmo...

Em seguida, mais uma crônica ajustar-se-á aos ensinamentos narrados pelos evangelistas expressando, até hoje, lição palpitante na escola da Humanidade.

Em soerguendo o enfermo desditoso do leito de provação, convoca-nos Jesus a levantar-nos, todos, do ninho de imperfeições, em que nos comprazemos, de coração cansado e mente corrompida.

Se egoísmo, orgulho, inveja e ciúme, cobiça e vaidades ainda nos prendem o coração ao catre do infortúnio, ouçamos o convite do Senhor Amorável: - “Levanta-te, toma o teu leito e anda”.

E erguendo-nos pela , saberemos sofrer a consequência ainda amarga de nossa própria sombra, caminhando, por fim, ao encontro da Luz.


Por: Emmanuel, Do livro: Ideal Espírita, Médium: Francisco Cândido Xavier


Leia Também:

Tópicos das Enfermidades Físicas: por Bezerra de Menezes
O Bendito Aguilhão: por Irmão X
Porque Adoecemos: por Orson Carrara
Parasitose Mental: por Dias da Cruz
Conclusão Espírita: por Albino Teixeira

Avalie Esssa MSG

0 Voto(s) 0 Voto(s)

Comentários