A+ | A- | Imprimir | Ouça a MSG | Ant | Post

Como outrora, no lago, ante o açoite do vento
Cristo, o Mestre e Senhor, vencendo a noite, avança!...
De novo, brilha a paz e ressurge a bonança
Sobre o estranho furor do temporal violento.

Ei-Lo, excelso e imortal, seguindo, calmo e atento,
O Celeste Pastor, sem cansaço ou mudança,
No Espiritismo em luz, a Divina Esperança
Que combate a miséria e apaga o sofrimento...

Ave Cristo de Deus! Ave Glória da Vida!...
Fala, ainda, Senhor, à Terra empobrecida
Do celeste esplendor do trono a que te elevas!...

O Espiritismo é Cristo ao coração do povo,
Plasmando, no Evangelho, um mundo grande e novo
Ao sol do Eterno Amor que rompe as nossas trevas.


Por: Amaral Ornelas, Do livro: Através do Tempo, Médium: Francisco Cândido Xavier


Leia Também:

O Cristo Paciente: por Amélia
Poema do Menino Jesus: por Alberto Caeiro (Fernando Pessoa)
Assim Falava Jesus ...: por Desconhecido
O Cristo e o Livro: por Constâncio Alves
A Jesus: por Auta de Souza

Avalie Esssa MSG

2 Voto(s) 0 Voto(s)

Comentários