Caridade da Luz

    Santa – a moeda amiga ao tornar-se carinho
    Em todo lar sem pão que a penúria flagela,
    Enaltecida sempre – a roupa mais singela,
    Que protege a nudez ao vento e ao desalinho!...

    Glorificado seja – o pouso que tutela
    O enfermo relegado às pedras do caminho,
    Preciosa – a afeição para quem vai sozinho,
    Trancando-se na dor em que se desmantela...

    Nobreza em toda ação que represente amparo
    Do auxilio de um vintém ao apoio mais raro,
    Que a simpatia expresse e a bondade presida!..

    Brilhe em tudo, porém, com mais força e grandeza
    A palavra do Bom que apure a Natureza,
    Iluminando o Amor e libertando a Vida!...


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens