Outro Fala Por Ele

    É, isto pode acontecer. É algo normal, não tem nada de extraordinário, pois está catalogado dentre as inúmeras potencialidades dos filhos de Deus, que diga-se de passagem, somos todos nós.
    O leitor já deve ter presenciado. A pessoa tem atitudes diferentes, muda a voz em alguns casos, fala de assuntos que não conhece, cita pessoas com quem não tem relacionamentos e muitas vezes assusta os circunstantes com posturas violentas e estranhas. Porém, de outras, vezes, mostra-se calmo, contrastando com sua maneira habitual de proceder e revela cultura acima daquilo que as pessoas dela conhecem.
    O que é isso? Como ocorre? Por que acontece?
    Ora, todos os seres estão dotados, em variados graus, da faculdade da mediunidade. Esta nada mais é do que a possibilidade do intercâmbio com pessoas que já deixaram a vida humana pelo fenômeno da morte. Porém, continuam vivas, só que em outra dimensão de existência. Mas, continuam influenciando e sendo influenciados pelos seres humanos que ainda estão na vida do corpo. E como nem todos possuem noção de que já deixaram o planeta, provocam aqueles fenômenos que, para quem não conhece, soam como bem estranhos. E há também aqueles que estão enfermos do outro lado da vida, precisando de ajuda, como há os bons e esclarecidos. Todos podem comunicar-se com os seres humanos através dos chamados médiuns, que são pessoas normais. Apenas dotados dessa sensibilidade de serem intermediários desses que já estão no mundo espiritual.
    O fenômeno ocorre por sintonia. A sintonia vem da tendência moral ou intelectual de ambos. Ele acontece porque, estejamos habitando a Terra com corpos carnais ou já fora de tais corpos, somos todos solidários uns com os outros. De mesma origem, criados pelo mesmo Pai, estamos todos muito ligados entre si. E nos atraímos por afinidade.
    E esta afinidade nem sempre é por amor. Pode ser por ódio, vingança e até necessidade e sofrimento, para receber amparo.
    E o mais interessante: ao oposto do que muitos pensam, isto não é invenção nem exclusividade do Espiritismo. Este apenas o estuda amplamente e o disciplina, para evitar-se as decepções e conseqüências que podem ser desastrosas quando o fenômeno está desorientado. Por isso é preciso estudar o assunto para saber como lidar com ele.


    A+ | A- | Imprimir | Envie para um(a) amigo(a) | Mensagem Anterior | Posterior | Ouça o conteudo



    Acesse todas as Mensagens