A+ | A- | Imprimir | Ouça a MSG | Ant | Post

Do Seu trono de luzes e de rosas,
A Rainha dos Anjos, meiga e pura,
Estende os braços para a desventura,
Que campeia nas sendas espinhosas.

Ela conhece as lágrimas penosas
E recebe a oração da alma insegura,
Inundando de amor e de ternura
As feridas cruéis e dolorosas.

Filhas da terra, mães, irmãs, esposas,
No turbilhão dos homens s das cousas,
Imitai-A no dor do vosso trilho!...

Não conserveis do mundo o brilho e as palmas,
E encontrareis no íntimo das almas,
A alegria do reino de Seu Filho!


Por: Bittencourt Sampaio, Caso tenha ou possua, envie-nos a referência desse texto.


Leia Também:

A Criança: por Emmanuel
Desabafo de uma Criança: por Desconhecido
Ensinando os Filhos: por Momento Espírita
Filho Deficiente: por Joanna de Ângelis
Prece da Criança que ainda não Nasceu: por Emmanuel

Avalie Esssa MSG

2 Voto(s) 0 Voto(s)

Comentários